Faça o seu PEDIDO DE MÚSICA

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando Agora:

Cidade Cidade



Origem

O topônimo Nova Russas é uma alusão à cidade de Russas, cidade natal do padre Joaquim Ferreira de Castro, o primeiro vigário da capela de Nossa Senhora das Graças. Sua denominação original era Fazenda Curtume, depois Curtume e, desde 1901, Novas Russas.


História

As terras ao sopé da Chapada da Ibiapaba, às margens dos rios Acaraú, Poti e Curtume eram habitadas por diversa etnias entres elas os Tabajara, Caratiú, Tupinambá.
Com a definitiva ocupação do solo cearense pelos portugueses na segunda metade do século XVII, a expansão do ciclo do Charque e da Carne-seca no século XVIII, a doação de terras via semarias, chegaram a região famílias que implantaram fazenda de gados como as do Curtume e do Olho d'Água Grande.
Nova Russas surgiu do desenvolvimento da Fazenda Curtume, situada às margens do riacho várzea Grande, implantada pelo Capitão-Mor Bernardino Gomes Franco, que se estabeleceu na localidade no segundo quartel do século XVIII. O nome da fazenda provém da pequena atividade rudimentar de curtir couros peles, praticada pelo seus primitivos proprietários dai o nome curtume. A fazenda passou por sucessivos proprietários até chegar ao domínio de Manuel Oliveira Peixoto e sua esposa, que doaram no ano de 1876 uma parte desta à paróquia de Santo Anastácio de Tamboril, para constituir o patrimônio de uma capela devotada a Nossa Senhora das Graças, construída posteriormente pelo vigário de Tamboril, padre Joaquim Ferreira de Castro.
Em torno dessa capela desenvolveu-se o povoado que o padre denominou Nova Russas, ou seja, outra Russas, homenagem à localidade do Baixo Jaguaribe do mesmo estado de onde padre Joaquim era natural.
Em 17 de agosto de 1902 a povoação foi elevada a categoria de distrito Judiciário do município de Ipueiras, data em que adotou oficialmente o nome de Nova Russas. Curtume, que era o nome da fazenda, foi aplicado ao rio que banha a cidade vindo a se denominar Curtume.
Com expansão da Estrada de Ferro de Sobral-Camocim, para a cidade de Ipu, a malha ferroviária desta chegou a Novas Russas, fato ocorrido em 3 de novembro de 1910 instalando nesse referencial itinerante a Estação de Cargas e Passageiros. O então distrito de Nova Russas teve grande desenvolvimento, tendo sido pouco tempo depois emancipado através da lei estadual 2043 de 11 de novembro de 1922, desmembrado do município de Ipueiras e instalado em 28 de janeiro de 1923 com a posse de seu primeiro gestor Antonio Rodrigues Veras. Foi extinto pelo decreto 193 de 20 de maio de 1931 e anexado ao município de Ipueiras e restaurado em 4 de dezembro de 1933 pelo decreto estadual 1156 do interventor federal do estado, capitão Roberto Carneiro de Mendonça que também nomeou como interventor municipal Luís Moreira de Barbalho. O território primitivo do município foi dividido para a formação de duas outras cidades; Ipaporanga e Ararendá
Da capela de Nossa Senhora das Graças, surgiu a paróquia de Nova Russas, por ato do bispo Dom José Tupinambá da Frota, no dia 15 de agosto de 1937, sendo deu primeiro vigário o Padre Francisco Ferreira de Morais.
Com a pecuária, o curtume, a estrada de Sobral-Crateús e a criação da paróquia de local, Nova Russas consolidou-se o centro urbano e município.


Cultura

Os principais eventos culturais são a festa da padroeira Nossa Senhora das Graças (5 a 15 de agosto) e o Carnaval. Em Junho têm as festas juninas, na qual vários grupos de quadrilha, disputam, para saber qual grupo é o melhor da região.


Curiosidades

1. Nova Russsas encontra-se no polígono das Secas, com clima tropical quente semi-árido. A temperatura máxima e mínima ocorrem nos meses de outubro (35,4 °C) e junho (18,8 °C). A pluviometria média é de 851 mm com chuvas concentradas de janeiro a abril, tendo os meses de Fevereiro, Março e Abril como os mais chuvosos. Os ventos sopram no quadrante Nordeste/sudeste, com velocidade que varia de 2,7 m/s em fevereiro a 3,7 m/s em junho.
2. A vegetação predominante é caatinga arbustiva aberta, com trechos onde é mais arbórea, a floresta caducifólia espinhosa.
3. Os principais eventos culturais são a festa da padroeira Nossa Senhora das Graças (5 a 15 de agosto) e o Carnaval. Em Junho têm as festas juninas, na qual, vários grupos de quadrilha, disputam, para saber qual grupo é o melhor da região.
4. O crochê também é uma das fontes de renda. Este artesanato é feito com linha e agulha pelas mãos habilidosas das crocheteiras; Nova Russas possui uma Associação das Crocheteiras desde meados da década de 90, onde as mesmas conseguem vender em grande quantidade para a Capital e demais Estados do Nordeste e Sudeste. Por causa da popularidade do artesanato a feira que acontece todos os sábados no inicio da manhã já recebeu visitas ilustres de estrangeiros interessados em exportar o crochê.


Dados do município/localização

Aniversário: 11 de Novembro
Fundação: 11/11/1922
Gentílico: Novarussenses
Unidade Federatíva: Ceará
Mesoregião: Sertões Ceareses
Microregião: Sertão de Crateús
Distância para a capital: 316,00

Dados de características geográficas

Área: 742.765,00
População estimada: 30965
Densidade: 4.169,00
Altitude: 24081
Clima: Semi-Árido
Fuso Horário: UTC-03:00


Fotos